• Segunda-Feira, 22 de Outubro de 2018
  • Porto Feliz - Boa tarde

A Rainha de Porto Feliz

Videos_01

A Rainha de Porto Feliz

SANGUE REAL DE PORTO FELIZ

Artur Floriano de Toledo, nascido e batizado em Porto Feliz é avô da Rainha Consorte Silvia da Suécia

Além de seu importante papel na época das Monções, Porto Feliz também ficou conhecida por ser citada em vários lugares, como o local de nascimento de Alice Soares de Toledo Sommerlath, mãe da Rainha Consorte do rei Carlos XVI Gustavo, Silvia da Suécia. No entanto, essa informação não é verdadeira, pois Alice nasceu na cidade paulista de São Manuel. Contudo, o pai de Alice, Artur Floriano de Toledo é porto-felicense, nascido em 18 de março de 1873 e batizado na Igreja Matriz Nossa Senhora Mãe dos Homens.

Artur se casou com Elisa Novaes Soares e moraram em Porto Feliz até 1900, quando o casal se mudou para uma fazenda em São Manuel, onde Alice, mãe daquela que se tornaria rainha da Suécia, nasceu.


O Rei e a Rainha, com seus pais Alice e Walther, e a primeira filha Vitória Ingrid

No entanto, os descendentes da Rainha Silvia se dividem entre as cidades de Piracicaba, São Manuel e Porto Feliz. O tataravô de Silvia, Manoel de Toledo Silva nasceu em Piracicaba e se casou com Ubaldina Luiza Leite, viúva de Manoel José Leite de Moraes, e teve vários filhos, entre eles, Joaquim Floriano de Toledo. 

Segundo dados da Curia Sorocabana, em 1840, Joaquim se casou com Matildes Aguiar de Campos, nascida em 1815, em Porto Feliz, filha de Salvador de Campos com Antonia de Almeida Aguiar, ambos da Terras das Monções também. Dessa união, nasceram alguns filhos, sendo o mais velho Joaquim Floriano de Toledo Filho, nascido em 1842, em São Manuel. Joaquim Filho se casou com a são-manuelense Maria Julia de Barros e mudaram-se para Porto Feliz, onde tiveram Artur Floriano de Toledo, em 1873. Artur, por sua vez, conheceu Elisa Novaes de Soares, de São José, e tiveram Alice Soares de Toledo, nascida em 1906.

Dando continuidade a sua linhagem, Alice Sommerlath, nascida Alice Soares de Toledo (São Manuel, 15 de maio de 1906 — Ekerö, 9 de março de 1997), era a mãe da rainha consorte nascida Silvia Renate Sommerlath. Segundo informações, Artur Floriano de Toledo era um descendente direto do rei Afonso III de Portugal (1210 – 1279) e de sua concubina Maria Peres de Enxara e também bisneto de Antonia de Almeida de Aguiar, descendente de umas das famílias de fidalgos estabelecidas em São Paulo durante o período colonial Português, a família Alvarenga de Lamego. 


Silvia com os pais Alice Soares de Toledo e Walter Sommerlath

Mudança para a Alemanha

No meio dos anos 20, Walther Sommerlath mudou-se para São Paulo, onde trabalhou para a Acus Roechling Boulerus, uma subsidiária do grupo alemão de aço Roechling. Em 10 de dezembro de 1925, ele casou-se com Alice Soares de Toledo, em Santa Cecília (SP). Em 1938, Sommerlath deixou o Brasil e retornou à sua cidade natal. No ano seguinte, partiu para Berlim. Daquele ano até 1943, Sommerlath administrou uma companhia que fabricava armas que seriam usadas na Segunda Guerra Mundial. Em 1943, sua fábrica foi destruída por bombas dos Aliados. Mais tarde naquele ano, a família Sommerlath inteira foi para Heidelberg e Silvia nasceu pouco tempo depois. Além de Silvia, o casal teve mais três filhos: Ralf, Walther Ludwig e Jörg.

Em 1947, com o fim da Guerra, a família Sommerlath retornou ao Brasil, onde Walther, desta vez, trabalhou como presidente da subsidiária brasileira da Uddeholm, uma manufatureira sueca de aço. 

Ascensão à realeza

Antes de se tornar rainha, Silvia morou por um período no Brasil, onde estudou até os 14 anos, em São Paulo. Depois voltou ao seu país de origem e construiu a sua própria história até o dia que se deparou com o então Príncipe Herdeiro da Coroa sueca, Carlos Gustavo.
Silvia estudou em Dusseldof, graduou-se em interpretação em Munique com especialização na língua espanhola. Tornou-se funcionária do consulado argentino em Munique e também foi Diretora de Protocolo dos Jogos de Inverno de Innsbruk na Áustria. Seguiu ainda uma carreira curta como comissária de bordo. Durante sua carreira profissional aprendeu seis idiomas e demonstrou que a alma brasileira lhe rendera muitos amigos e uma oportunidade para crescer profissionalmente.

Foi em 1972, durante os Jogos Olímpicos de Munique que Silvia conheceu o Príncipe sueco. Um ano mais tarde, o pai de Carlos Gustavo morreu e ele se tornou Rei; em seguida o Rei e a plebeia Silvia anunciaram o noivado e, em 19 de junho de 1976, finalmente se casaram. O Casal teve três filhos, Vitória Ingrid (39 anos) - próxima monarca a ocupar o trono após o falecimento ou abdicação dos pais, Carlos Filipe (35 anos) e Madelene (32 anos).


Rainha Silvia e o Rei Carlos XVI Gustavo se conheceram nas Olimpíadas de Munique, quando Silvia trabalhou como intérprete

O mito sobre Alice e Porto Feliz

Na internet, em muitos sites de pesquisa, consta que Alice de Toledo Sommerlath é nascida em Porto Feliz/SP. Em alguns, a informação é de que ela teria se casado na Matriz Nossa Senhora Mãe dos Homens, também em Porto Feliz. Por este motivo, também, é que o nome da cidade está diretamente ligado ao da rainha Silvia, inclusive entre os seus súditos, na Suécia.

O porto-felicense Thiago Augusto Leite, jogador de futebol da KF Naftetari da Albânia, um país entre a Itália e a Grécia, conta que, quando foi jogar no Norrkoping IF Bosna, clube sueco, ouviu a história da relação entre a Rainha do país em que estava e sua terra natal. “Assim que cheguei na Suécia, em 2010, e assinei contrato com o clube, o presidente Mirsad Beganovic olhou o meu passaporte e mencionou o nome da Rainha Silvia, dizendo que a mãe falecida dela era brasileira e morava em Porto Feliz, apontando minha cidade de origem. Achei muito legal a história.”

Alice, mãe da rainha consorte, Silvia da Suécia, mulher que ainda leva o nome de Porto Feliz mundo a fora, sofria de problemas cardíacos e demência senil. Faleceu no Palácio de Drottningholm, em Estocolmo, em 1997 e seu corpo está enterrado em Heidelberg, ao lado do túmulo do marido, falecido em 1990. Já Artur Floriano de Toledo, porto-felicense, pai de Alice e, portanto, avô da rainha, faleceu em São Paulo, em 1935. Sua esposa Elisa faleceu em 1928, também na capital paulista.



Caridade na Suécia e no Brasil

Sílvia fundou a World Childhood Foundation (WCF), com sede em Estocolmo, com o desígnio de originar melhores condições de vida e de defesa do direito das crianças contra a pobreza e o abuso sexual. Atualmente a WCF tem escritórios nos Estados Unidos, Brasil e Alemanha, mas seus trabalhos já beneficiaram povos a exemplo de Polônia, China, Rússia, África do Sul, Ucrânia e Tailândia!

A Childhood Brasil, foi fundada em 1999 e tem sede em São Paulo. Seu foco é a assistência infantil contra o abuso e a exploração sexual. A organização e a própria Rainha, apoia projetos desenvolvidos por outras ONGs em comunidades, para fomentar experiências inovadoras de intervenção e contribuir com o desenvolvimento de organizações de base; tudo sempre supervisionado por aquela de quem tantos nos orgulhamos em afirmar ser uma rainha brasileira, que tem ‘água da gruta’ em seu sangue real, mas que nasceu alemã e foi adotada com carinho pela Suécia e pelo mundo inteiro!


06/04/2017 - Brasília/DF, Brasil - Presidente Michel Temer e a Primeira-Dama Marcela almoçam com o casal real da Suéia, o Rei Carlos XVI e a Rainha Silvia, no Itamaraty. Foto de Beto Barata/PR - http://fotospublicas.com

Comentários